6 Min para ler

Saiba como vender a sua casa: guia prático

Por: Keezag
Saiba como vender a sua casa: guia prático

Pensou bastante sobre o a possibilidade de vender o seu imóvel e decidiu seguir em frente com a ideia da mudança. Agora chegou o momento de se preparar e traçar um plano eficaz para que tudo corra da melhor forma possível.


Tudo depende, claro, de como deseja organizar as etapas. Criámos estas dicas a imaginar que já decidiu vender o seu imóvel e que se vai mudar para outro. Ainda não tomou essa decisão? Clique aqui e saiba qual o melhor momento para vender a sua casa.

SEIS MESES ANTES: A IDEIA AINDA NO PAPEL

Quando colocar o anúncio e procurar compradores?

Já decidiu que quer vender o seu imóvel. Agora é o momento de decidir quando deseja colocá-lo à venda. Pesquise datas e épocas do ano que podem ser interessantes para isso, pois, dependendo da época, o valor do seu imóvel pode até ser maior, assim como o tempo até encontrar um comprador pode ser menor.

Por exemplo: se após a sua pesquisa decidiu que quer colocar o seu imóvel para venda no mês de Novembro, tenha em atenção que deve começar em Maio a sua preparação.

Avalie de maneira correta a sua propriedade

Perceber as condições em que está o seu imóvel vai ajudá-lo a definir melhor o preço da sua propriedade. Quando os imóveis são avaliados, os problemas que são identificados devem ser corrigidos antes das negociações. Isso ajuda a acelerar o fecho da venda, pois se o comprador perceber os problemas, pode desinteressar-se pelo negócio.  Não tem certeza sobre o que precisa avaliar? Peça uma inspecção residencial. Existem algumas empresas especializadas, como a IMOdiag ou a Checkhouse.

Encontre um Consultor Imobiliário

É bom já conhecer ou pesquisar consultores imobiliários para perceber qual pode ser o melhor para vender o seu imóvelNeste link pode ver dicas sobre o que deve procurar num agente imobiliário para vender o seu imóvel. Este profissional poderá ajudar – e muito! – em todo o processo de venda da sua casa. Desde a procura de compradores, às visitas ao imóvel e até mesmo no processo de negociação do preço.

As opiniões importam

Tenha em mente que um bom negócio faz-se com transparência. Avalie o seu imóvel junto de familiares e vizinhos. Existe algum problema que precisa ser relatado ao futuro comprador? Caso haja, faça-o antes de começarem a negociar. Não é bom que no meio da negociação um comprador – ou até mesmo seu consultora imobiliário! – descobrir detalhes indesejáveis. Isso pode levar ao cancelamento da compra.

TRÊS MESES ANTES

Mãos à obra!

Cerca de noventa dias antes de colocar o anúncio, é hora de pôr mãos à obra! Veja quais as reparações básicas que precisam de ser feitas, como torneiras com fugas, vedações ou muros partidos, remendos aparentes que precisam de ser reparados.

Momento do “desapego”

Lembre-se que você não vai apenas colocar seu imóvel à venda. Você também vai-se mudar para uma nova casa! Logo, este é o momento do “desapego”: Pode doar, vender ou deitar fora tudo o que já não precisa. Pode até considerar alugar um espaço de armazenamento temporário para guardar coisas até ao momento de se mudar.

Mas, vá com calma: não precisa de encaixotar já tudo. Este momento do plano é mais para uma organização e separação – mesmo que mental – das coisas.

Documentação necessária para vender o imóvel

Também é bom ver – e rever – toda a documentação legal que precisará estar em dia para a venda de seu imóvel. Aqui pode até incluir facturas de melhorias ou reparações que tenha feito em benefício do imóvel. Tudo para que o comprador veja o que foi feito e fique mais tranquilo para negociar.

TRINTA DIAS ANTES

Quando faltar um mês para colocar o anúncio, certifique-se novamente como está o mercado, pois isso é importante. Lembre-se que os valores dos imóveis em Portugal têm variado bastante, o que faz com que seja preciso estar sempre actualizado.

Neste momento do plano, você e o seu consultor imobiliário avaliam o valor actual de mercado do seu imóvel e definem o preço de negociação apropriado para a venda.

Momento do desapego… parte 2!

Agora é hora de usar as caixas. Pegue nos objectos que quase não utiliza no dia a dia e guarde-os. Este é o momento de deixar tudo organizado, de facto. Veja ainda o que pode ser doado – ou até vendido. Caso tenha muita coisa, pode ser uma boa opção arrendar uma unidade de armazenamento fora da sua casa.

Evite colocar tudo junto num canto só. Lembre-se que, muitas vezes, o processo de venda de um imóvel pode começar quando ainda está a morar nele. Deixe que os ambientes do imóvel “respirem”, tenham mais espaço. Os compradores precisam de ter uma real noção do espaço quando o forem visitar.

Hora de pintar o imóvel

Trinta dias antes do anúncio, é um bom momento para começar a pintar as divisões do seu imóvel. Tenha em mente que este processo ocorrerá após organizar as suas coisas para a sua futura mudança – ou que a faça de facto mesmo antes do anúncio ficar listado. Isso é bom para que não ocorram danificações à tinta recém pintada nas paredes.

Caso você esteja a vender um imóvel como uma moradia, que precise de uma pintura externa, é também este o momento para o fazer.

DUAS SEMANAS ANTES

Hora de limpar o imóvel

Este é o momento de preparação do imóvel já a pensar nas fotos e nas visitas à casa.  Aqui é importante fazer uma limpeza mais completa e profunda a todo o imóvel: limpar janelas, desinfectar casas de banho, deixar o soalho brilhante e bonito para que os compradores fiquem encantados com o seu espaço.

Esta parte do plano acaba por ser repetida regularmente até a venda do imóvel, afinal, você quer que sua casa esteja sempre apresentável para os potenciais compradores. Veja a frequência que é melhor para si.

Clique!

Depois da casa pintada, tudo organizado e bonito, é o momento de fazer as fotografias. Muitos consultores imobiliários oferecem um serviço de fotografia profissional quando celebram contratos exclusivos (quer saber mais sobre as vantagens de  contratos exclusivos? Veja aqui.), veja se o consultor que contratou também o faz.

Atenção ao calendário

Cerca de duas semanas antes de anunciar, veja com o seu agente imobiliário a logística das visitas. Vai sempre presente? Apenas o consultor? Quais os dias que tem disponibilidade? Lembre-se que quanto maior for a sua disponibilidade para as visitas, maior a probabilidade de vender mais rápido. Onde guardará os objectos de maior valor, como jóias, documentos e medicamentos durante as visitas?

Partilhar:

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *